Ganhando o Mundo - FAQ

Neste espaço você encontra respostas para algumas dúvidas sobre o Programa Ganhando o Mundo.

O que é o Programa Ganhando o Mundo?

É um Programa de Intercâmbio Internacional, instituído pela Lei Estadual nº 20.009/2019, regulamentado pelo Decreto n.º 4.166 de 03/03/2020 e alterado pelo Decreto n.º 4.785 de 03 de junho de 2020, o qual se configura como uma política pública de governo no Estado do Paraná a ser desenvolvido por meio da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte - SEED.

Qual o objetivo do Programa?

O objetivo é oportunizar aos estudantes matriculados no Ensino Médio da Rede Pública Estadual de Ensino do Paraná uma formação escolar em instituições de ensino estrangeiras que ofertem curso equivalente ao Ensino Médio no Brasil.

Esse intercâmbio possibilitará a ampliação do repertório cultural e acadêmico do estudante, permitirá a vivência e experiência na realidade de outros países, além de consolidar uma rede de jovens líderes que atuarão nas escolas da Rede Pública Estadual de Ensino do Paraná e potencializará o desenvolvimento da autonomia, bem como aperfeiçoar a Língua Inglesa.

O que é intercâmbio?

Intercâmbio pode ser considerado a troca mútua de estudantes de um determinado local com outro, geralmente fora do país de origem, para aprender a língua nativa, cultura e hábitos praticados de outra nação com fins educacionais, profissionais ou pessoais.

Como será o intercâmbio do Programa?

O intercâmbio terá a duração de 01 (um) semestre letivo, conforme calendário do Canadá (destino do intercâmbio), país falante de língua inglesa. Os estudantes serão matriculados em instituições de ensino, em série equivalente ao Ensino Médio do Brasil.

Qual o público alvo do Programa?

Estudantes matriculados na 1.ª série do ensino médio, no ano de 2021, da Rede Pública Estadual de Ensino do Paraná, conforme critérios estabelecidos no Edital n.º 68/2020 - GS/SEED.

Quem pode se inscrever para a seleção do Programa?

Poderão se inscrever os estudantes matriculados no 9.º ano do Ensino Fundamental da Rede Pública Estadual de Ensino do Paraná, no ano de 2020.

Qual o número de vagas?

Serão ofertadas 100 vagas.

Ser selecionado é garantia de participação no Programa?

Não. Pois, além de ser selecionado, o estudante precisa ter autorização dos pais ou responsáveis, participar e ser aprovado no curso de língua inglesa que será ofertado pela SEED e ter aprovado o visto do país anfitrião (a concessão do visto depende da análise do oficial consular).

Além disso, dependerá da abertura das fronteiras em virtude da pandemia da COVID-19 e do calendário escolar da Nova Zelândia, vagas e regras nas escolas do exterior e ao sucesso no processo licitatório das empresas contratadas para o intercâmbio.

Quem está envolvido na organização deste Programa?

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte - SEED e Núcleos Regionais de Educação.

Como será a preparação do aluno para o intercâmbio?

Algumas ações serão necessárias:

  • Se convocado, providenciar a documentação necessária, conforme edital;
  • O estudante e seu responsável legal deverão acompanhar todos os encaminhamentos realizados pela SEED, manter atualizados seus contatos junto ao NRE ao qual sua escola é jurisdicionada;
  • Participar de todas as reuniões, palestras e webconferências e viagens necessárias para retirada de passaporte e visto;
  • Frequentar, concluir e ser aprovado no curso de inglês ofertado gratuitamente pela SEED, bem como fazer os testes de nivelamento que fazem parte do curso;
  • Outras questões que possam surgir no decorrer do programa.

Qual a rotina do estudante selecionado, antes do embarque para o intercâmbio?

O estudante deverá frequentar as aulas regularmente do Ensino Médio na sua escola, manter uma rotina de estudos, inclusive notas e frequência, além de realizar o curso de língua estrangeira e todas as atividades que forem necessárias à preparação para o intercâmbio.

Qual a rotina do estudante selecionado, durante o intercâmbio na Nova Zelândia?

O estudante deverá frequentar as aulas, manter uma rotina de estudos, inclusive notas e frequência, seguir as regras de convivência da escola, casa da família hospedeira, da escola e do país anfitrião.

Quem cuidará do estudante selecionado desde o embarque até seu retorno para casa?

Os estudantes selecionados estarão acompanhados tanto no embarque/Curitiba como na chegada ao país de intercâmbio por Coordenadores da empresa selecionada. Na Nova Zelândia, ficarão sob os cuidados da família anfitriã.

Quem são as famílias que receberão os estudantes intercambistas?

São famílias cadastradas em programas de intercâmbio e que possuem experiência em receber estudantes estrangeiros.

Haverá possibilidade de conhecer outras cidades ou países durante o programa?

Sim, o estudante poderá ter viagens pedagógicas promovidas pelas instituições de ensino. Além dessas, poderá também viajar com a família hospedeira nos finais de semana e/ou feriados. Porém, não poderá viajar desacompanhado.

Que despesas serão custeadas pelo programa Ganhando o Mundo?

Todas as despesas estabelecidas no artigo 7º do Decreto n.º 4.166 de 3 de março de 2020.

Durante o intercâmbio, o estudante receberá algum recurso financeiro?

Sim. Além das despesas citadas no Artigo 7º do Decreto n.º 4.166/20, os estudantes selecionados receberão uma ajuda de custo (bolsa intercâmbio) de seis parcelas no valor de R$ 800,00 (oitocentos reais), conforme o estabelecido no § 2º da lei 20.009 de 13/11/2019.

Durante o intercâmbio, o estudante terá direito a algum tipo de seguro?

Sim, os participantes do intercâmbio farão jus a um seguro de viagem e saúde durante o período em que estiverem residindo na Nova Zelândia.

No retorno, o estudante deverá realizar alguma atividade como resultado do seu intercâmbio?

Sim, conforme estabelecido no item 11.8 do Edital  n.º 68/2020 deverá:

a) concluir as atividades dos componentes/área da Matriz Curricular do Ensino Médio da Rede Pública Estadual de Ensino do Paraná que não constam do currículo estudado no país de destino, como complementação curricular, caso seja necessário;

b) ser embaixador do Programa GANHANDO O MUNDO, relatando a experiência no intercâmbio por meio de apresentações, palestras e outras atividades programadas, quando convocado pelos NREs e pela SEED, até a conclusão do Ensino Médio;

c) desenvolver projeto com temática relacionada a aulas de idiomas, cidadania, meio ambiente, diferenças e similaridades socioculturais, temáticas culturais, empreendedorismo com responsabilidade social, convivência pacífica e cooperativa entre os povos e nações, inovação científica e tecnológica, educação financeira e outros temas relevantes acordados com a escola, com vistas a compartilhar e difundir aspectos da experiência vivenciada.

O estudante poderá ter sua participação cancelada no Programa?

Sim, conforme estabelecido no artigo 12 do Decreto n.º 4.166 de 3/03/2020 e no artigo 3º do Decreto n.º 4.785 de 3/6/2020.